terça-feira, setembro 11, 2007

GROO, O BÁRBARO



Groo, o Errante é um personagem fantástico dos quadrinhos de Aragones. A gurizada hoje não dá a minima bola e possivelmente nem conheça Groo, the Wanderer. Pois Groo, o Ignorante está fazendo 25 anos e o Cineman não pode deixar passar sem fazer este registro. Eu não esqueci Groo, o Estúpido que é um dos personagens prediletos de meu irmão juntamente com Mortadelo e Salaminho. A Folha de São Paulo também não esqueceu e dedicou boa parte do sua Ilustrada para Groo, o Magnífico. A Folha informa ainda, para nosso prazer, que Aragonés está finalizando uma nova minissérie de Groo, o Terrível tratando sobre o aquecimento glogal - "Groo, Hell on Earth". Certamente será imperdível. Al Gore prepare-se, seus dias de estrela estão para acabar. Quer mais de Groo, El Vagabundo? Clique aqui e conheça o site de Groo, Le Barbare. Aproveito o finalzinho para comentar um pequeno documentário do Discovery Channel em DVD sobre super heróis dos quadrinhos. É de pouca duração mas muito interessante para quem curte o assunto. Depoimentos de Stan Lee e outros quadrinistas falando sobre os que eles elegeram como os dez principais super heróis criados até hoje.
Até a próxima postagem

3 comentários:

Carlos Eduardo da Maia disse...

Assisti, cineman, o Salaminho e Mortadelo, com personagens reais, filme espanhol. Mostrei para o meu filho de 7 anos assistir e ele achou muito bom.

CINEMAN disse...

Maia, eu devo ter sido a única locadora a comprar duas cópias do filme do Mortadelo e Salaminho. Uma eu tive que mandar para o meu irmão, claro, que é o maior fan, desta notável dupla de heróis, que eu conheço. O filme é muito interessante. Algumas postagens atras vais encontrar uma sobre este filme feita pelo Buggyman.

Buggyman disse...

Groo é um dos melhores personagens do universo dos quadrinhos. Aragonés, para quem não sabe, é o autor das "piadas marginais", colocadas à margem das páginas da MAD. O cara é genial. Groo é um personagem que destrói tudo à sua passagem e, incrível, o cão Ruferto é um intelectual alienado, que acredita que seu dono é um grande guerreiro. Puxa, daria uma análise interessante desta dupla, à luz de acontecimentos recentes...