terça-feira, maio 15, 2007

SMALLVILLE


Esta é uma série ótima. Saiu em DVD a quinta temporada e nos Estados Unidos vai passar o último episódio da sexta temporada no dia 17 deste mes. No Paris Cinema e Café estão disponíveis todas as cinco temporadas. Acabei de ver a quinta neste domingo e não decepcionou, como aliás todas as outras. Para quem leu os quadrinhos do Superboy a série trata o personagem de uma forma bem diferente. Esta forma de tratamento permite que qualquer um possa gostar da mesma mesmo sem apreciar quadrinhos. Na realidade ela é uma série que trata de jovens, seus problemas, suas relações amorosas, os conflitos com os pais, onde apenas acontece de um deles ser Clark Kent, o futuro Superman. Clark Kent, interpretado pelo excelente Tom Welling jamais usa o famoso uniforme como fazia o Superboy. E os poderes são um pouco diferentes. Até agora ele não descobriu como voar, apenas se vale da supervelocidade e de enormes saltos. A série preserva todo o resto, inclusive os personagens que conviveram com o herói dos quadrinhos. Outra mudança interessante é que a estória se passa nos dias atuais. Os roteiristas viram que poderiam ter um herói atemporal sem precisar ficar nos anos 40 e isto contribuiu muito para o sucesso da série. Outro personagem muito forte, como não poderia deixar de ser, é Lex Luthor, muito bem interpretado por Michael Rosenbaum. No inicio da série Lex Luthor é salvo por Clark Kent de uma morte por afogamento. Ficam amigos. A passagem de Lex para o dark side é muito vagarosa. Digamos que até agora ainda não aconteceu com clareza. Lex é mais um executivo impiedoso do que um super vilão. O papel de mentor, que pode ser entendido como exercido pelo pai, Jonathan Kent (John Schneider) no meu entender é realmente exercido pela amiga de Clark, Chloe Sulivan (Allison Mack) que é apaixonada por Clark mas se mantem apenas na posição de amiga uma vez que o jovem herói só tem olhos para, claro, Lana Lang (Kristin Kreuk). Experimentem ver a temporada 1, se gostarem vão ter pelo menos mais 5 pela frente. Cada temporada tem 22 capítulos de 45 minutos, sem comerciais. Quer dizer.. é diversão pra valer.
Até a próxima postagem
CENAS DE SMALLVILLE

Um comentário:

Buggyman disse...

Acho que esta é uma daquelas séries que é preciso ver em sequência correta, como uma novela. Prefiro aquelas que não importa de que temporada for, o capítulo quase sempre é entendido por qualquer um. Vi um dos episódios e, claro, fiz a referência com o Superboy. E não vi semelhança, logo, não acompanhei o restante. Aliás, mesmo sendo um fã de quadrinhos (principalmente Batman e Homem Aranha), nunca fui muito chegado no Superboy. Era um personagem esquisito nos quadrinhos.