sexta-feira, abril 24, 2009

MILLENNIUM - OS HOMENS QUE NÃO AMAVAM AS MULHERES


Num dos seus inúmeros passeios pelas livrarias da cidade, o CINEMAN se encontrou com o jornalista e escritor sueco, Stieg Larsson. Figuradamente, é claro, porque o senhor Larsson faleceu em 2004, após publicar a trilogia MILLENNIUM, da qual vamos falar.
O primeiro livro da série MILLENNIUM, chama-se, na tradução em portugues, OS HOMENS QUE NÃO AMAVAM AS MULHERES. O CINEMAN adorou as primeiras páginas do livro e foi obrigado a inclui-lo na quota das aquisições do mês. O livro tem mais de quinhentas páginas, o que representa um belo custo beneficio - dez centavos por página. O CINEMAN, instruido pelo Economista Acidental, faz este tipo de cálculo.
A trama é uma das melhores que eu já li nos últimos tempos e justifica a fama que a série MILLENNIUM alcançou no mundo todo. Diversas subtramas, personagens fascinantes. Os personagens principais são Mikael Blomkvist, um jornalista investigativo, sócio da revista Millennium, que dá o título a série e Lisbeth Salander, uma personagem complexa, hacker fenomenal, memória fotográfica, antisocial, anoréxica, tatuadissima e, apesar disso considerada incapaz. Lisbeth é a personagem mais interessante deste primeiro livro. É a verdadeira heroina do Sr. Larsson, tanto que o título da edição sueca é - A Menina com a Tatuagem do Dragão. A tradução brasileira foi feita a partir da versão francesa cujo título foi utilizado pela versão brasileira.
Claro que não vou contar a história que merece ser lida do inicio ao fim sem maiores dicas a não ser que o livro é muito bom e tem que ser lido.
Quando saiu o segundo livro da série Millennium, A MENINA QUE BRINCAVA COM FOGO, o Cineman correu para a livraria e meia hora depois já iniciava a leitura.
Quando, após dois dias de reclusão, consegui falar com ele o Cineman não ocultou sua decepção. "-Li até o final esperando que entrasse um pouquinho de seriedade na história, e cada vez ficava pior, inacreditavelmente pior." Acabou me dando o livro de presente, coisa que ele não havia feito com o primeiro.
Li A MENINA QUE BRINCAVA COM FOGO e, apesar de uma trama interessante, onde a análise psicológica de Lisbeth vai mais fundo, tive que concordar com o CINEMAN, o Sr Larsson exagerou na dose. Em determinado ponto da história o Sr. Larsson se atira nos braços do Sr. Stan Lee, e o livro vira história em quadrinhos. Mas, mesmo inferior ao primeiro, descontados os exageros, vale a pena ler e...esperar o terceiro. O Sr Larsson se recuperará? Ou a trajetória é descendente?
Uma boa leitura e até a próxima postagem.
O título está diferente porque se trata da propaganda do livro em Portugal. Depois de visto ainda é possível acessar um trailer do filme baseado no livro.

8 comentários:

CINEMAN disse...

Alguns amigos suecos me alertaram que o nome original é traduzivel por O Homem que Odiava as Mulheres. A versão inglesa é que inventou A Menina com A Tatuagem do Dragão. A edição portugues manteve O Homem que Odiava as Mulheres e a versão brasileira, talvez para não confundir com um filme antigo, estrelado por Tony Curtis, suavizou para Os Homens Que Não Amavam as Mulheres.

Anônimo disse...

Boa dica. Já haviam me falado deste livro.

CINEMAN disse...

Existem comentários, talvez fantasiosos, que no computador de Stieg Larsson está o quarto livro da série Millennium. Se realmente existir e se estiver protegido talvez tenha que se recorrer à Lisbeth Salander.

Anônimo disse...

Trailer do filme No Brasil!

http://www.youtube.com/watch?v=oGwJokKgBqI&feature=PlayList&p=E33ACB9253247838&index=6

Lisbeth Tupiniquim disse...

A série toda é fantástica... e o livro que eu gostei mais foi justamente " a menina que brincava com fogo"
Quanto ao título, a versão brasileira é fiel ao original. Os ingleses que mudaram...
Já há os três filmes prontos. E o primeiro sai no circuito comercial no Brasil dia 23/04. Já assisti. Lisbeth Salander vive em Noomi Rapace!

Preciosa Acessorios disse...

Apenas uma pequena correção. Lisbeth Salander é tudo aquilo descrito logo acima, porém não é anti social. Anti sociais, são delinquentes, criminosos... tem por característica o comportamento dedesrespeito e violação dos direitos dos outros. O que eu acredito que ela não seja!
Deu pra perceber que a amo né! A série é de longe a melhor que já li.
Perfeita indicação!

CINEMAN disse...

Concordo com a Preciosa Acessorios. A Lisbeth é sensacional.

CINEMAN disse...

Quem não leu ainda, aproveite. A série completa está a preços muito interessantes nas livrarias. Eu vi na FNAC e Saraiva.