quarta-feira, janeiro 25, 2012

INFORMAÇÃO PRIVILEGIADA - ABRIL 2008


Esta postagem é de 2008 e acho ela legal. Como esta trocando o presidente da Petrobrás, vale o repique.


INFORMAÇÃO PRIVILEGIADA
Todas as segundas feiras me encontro com dois amigos de infância/juventude. Nestas reuniões os assuntos são política atual e reminiscências. A melhor parte são as reminiscências. Recordar é viver (..eu ontem pensei em você). Na política a conversa é só no lado ameno e ai surgem idéias interessantes. Uma possível dobradinha para a prefeitura - Manoela para prefeita e Nelson Proença para vice. Pobre Marx. Uma campanha de doação de equipamentos de informática para Cuba. Nada muito sofisticado para não prejudicar a abertura gradual proposta pelo mano Raul. A sugestão aprovada para a campanha foi se recolher os CP 400, MSX, Commodore 64 e TK 80 que por milagre ainda funcionem e, para não esquecer a gurizada cubana, alguns Ataris 64. Aliás, do jeito que a política anda na América Latina nada melhor do que passar-lhe algumas gargalhadas a volta. Mas nas reminiscências descobri uma coisa interessante apesar de, depois de descoberta, bastante óbvia. A reunião com amigos antigos traz para a memória coisas absolutamente esquecidas. A famosa associação de idéias, no caso, associação de lembranças. É muito divertido. (Claro que só lembramos as coisas boas). Uma coisa que lembrei e que estava absolutamente esquecida foi o Crush premiado. Crush era um refrigerante com sabor de laranja que, para nos enganar, continha pedacinhos de gomo de laranja. Nós eramos meio patetas mesmo e achavamos que era natural. E tinha o Crush premiado. Quando se tinha sorte, debaixo da cortiça da tampinha da garrafa (sim as tampinhas tinham cortiça) vinha o esperado "Tome outro Crush grátis". Mas a fábrica queria manter um padrão de 1 ou 2 garrafas premiadas por engradado e bolou um sistema para identificar as tampinhas premiadas. O design da tampinha era um bonequinho de braços abertos dentro de um triângulo. Na tampinha premiada um dos braços do bonequinho saia para fora do triângulo. Eu descobri isto depois de muita investigação e a partir dai tomei muito Crush grátis. Quando lembrei isto no grupo de amigos foi uma surpresa, nenhum deles conhecia o truque. Então vi que com 15 anos eu já tinha descoberto os principios da Informação Privilegiada. Mais ou menos a mesma coisa que um diretor da Petrobrás tem antes de anunciar a descoberta de um grande poço de petróleo. Eu intuitivamente sabia que meus amigos eram meus principais concorrentes na busca das tampinhas premiadas e, mais importante, intuia que se o truque se tornasse público a fábrica do Crush iria alterar o procedimento e eu perderia os meus Crushs grátis.
Até a próxima postagem

2 comentários:

sonia disse...

e tu não me contaste essa do crush, que aliás, botava qualquer fanta no bolso.

CINEMAN disse...

Claro, tu eras uma concorrente.