terça-feira, abril 03, 2007

ALTO CONTROLE (Pushing Tin)


Este é um filme relativamente antigo que, por incrivel que pareça, é hoje muito mais atual para nós do que quando foi lançado em 1999. É um filme sobre controle aéreo, melhor, sobre controladores aéreos. Está entendida a atualidade, não é? O cenário do filme é o TRACON - Terminal Radar Approach Control de Nova Yorque. O TRACON controla os vôos dos 3 principais aeroportos de Nova Yorque - La Guardia, Kennedy e Newark. São sete mil vôos por dia. Acreditem, bem mais que o CINDACTA-1. Os controladores do TRACON trabalham com o dobro de vôos que qualquer outro controlador dos Estados Unidos (e possivelmente do Brasil) e conseguem isto, é claro, com muitas horas extras, muito café e, eu imagino, muitos comprimidos. O filme é dirigido por Mike Newel, que havia feito, entre outros, um ótimo filme que todo mundo viu - Quatro Casamentos e Um Funeral. O grupo de atores não poderia ser melhor. Billy Bob Thorton, John Cusack, Kate Blanchett e ..Angelina Jolie. Nick Falzone (John Cusack) é o mais afamado controlador de vôo do TRACON. Vive furiosamente. Bebe, fuma, toma café desesperadamente e faz sexo selvagem com sua esposa Connie(Cate Blanchett). A tensão constante do TRACON faz parte da sua vida e ele acha tudo maravilhoso. Então chega ao TRACON um novo controlador vindo do deep south, Russel Bell (Billy Bob Thornton). Russel é zen. Não bebe, não fuma, totalmente focado no seu trabalho. Tão focado que não dá atenção para sua esposa Mary (Angelina Jolie) com as consequências óbvias. Nosso comentário "CARAS" - foi no set deste filme que Billy Bob e Angelina se conheceram. Voltando ao filme - Russel se mostra ainda melhor que Nick na função de controlador aéreo, controla muito mais vôos que Nick e com absoluta frieza. Para cumprir os horários ele costuma colocar os aviões numa proximidade tal que põe em pânico os seus companheiros de trabalho.
O filme mostra com precisão o que acontece dentro de uma sala de controle e isto assusta a qualquer um que precise usar um avião. E assusta a todos nós que estamos vendo este filme ao vivo no Brasil.
E o futuro deve nos assustar ainda mais. Se os controladores aéreos militares, que deveriam primar pela ordem, levaram o país à este caos, imaginem como será com o controle de vôo na mão de funcionários públicos civis, por definição estáveis nos seus empregos e com sua proverbial preocupação com a eficácia. Ninguem se arrisca a prever o que temos pela frente. Na sexta o presidente passou a mão na cabeça dos controladores e determinou que suas reividicações fossem atendidas, o momento não era de radicalização. Ontem, segunda feira, o presidente afirmou que em pronunciamento a nação vai tratar os sargentos controladores como traidores. Ainda bem que o presidente voltou atras em sua decisão inicial. É bom lembrar como tudo começou em 64. A quebra da hierarquia militar por Jango foi o estopim para o inicio da revolução. E foi uma situação criada pelos sargentos, estão lembrados? O famoso discurso da Central do Brasil. Eu, pelo menos, estou aberto a perdoar tudo para o Lula, menos a criação de uma situação que nos jogue em mais 20 anos de ditadura militar.
Querem ficar tranquilos? Não vejam este filme. Se quiserem se arriscar, mesmo com esta advertência, o Paris Cinema e Café tem uma cópia em VHS e já estou correndo atrás de uma cópia em DVD.
Até a próxima postagem
CENAS INICIAIS DO FILME

5 comentários:

Prof Charles disse...

Já andam dizendo por aí que não houve nenhum perdão aos controladores na sexta feira etc.. transcrevo abaixo o pronunciamento oficial do Ministro do Planejamento e da secretária-executiva da Casa Civil.
"O ministro de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão e a secretária-executiva da Casa Civil da Presidência da República se comprometem com os seguintes itens de negociação a respeito do Controle de Tráfego Aéreo.

1. O governo federal vai fazer revisão dos atos disciplinares militares tais como transferências, afastamentos e outros, envolvendo representantes de associações de controladores de tráfego aéreo ocorridos nos últimos seis meses, assim como assegura que não serão praticadas punições em decorrência da manifestação ocorrida no dia de hoje (30).

2. Abrir um canal permanente de negociação com representantes, inclusive dos controladores militares, para o aprimoramento do tráfego aéreo brasileiro, tendo como referência de inicio dos trabalhos a implantação gradual de uma solução civil a partir de terça-feira, 3 de abril de 2007.

3. Abrir um canal de negociação sobre remuneração dos controladores civis e militares a partir de terça-feira, 3 de abril de 2007.

PAULO BERNARDO SILVA
ERENICE GUERRA"

Depois ouvi um comentário que o Presidente Lula tinha ficado aborrecido com os controladores de vôo.

E hoje, para minha surpresa o Deputado Beto Albuquerque do PSB fêz um pronunciamento sobre traição e repressão que me lembrou aqueles ministros linha dura do regime militar. Parece que alguem no comando disse: Chama o Pires, e ele veio.

Buggyman disse...

Dizer-se traído não é novidade para Lula. A Páscoa deve ser a melhor época do ano para ele, já que a auto-flagelação é seu esporte favorito!

O controle de vôo brasileiro está parecido com o governo Lula, um pouco descontrolado...

Anônimo disse...

Seu blog é bem interessante pena não entender muita coisa de tráfego aéreo e de sua relação com o militarismo. Nem todo funcionário público faz corpo mole. Os americanos dão aquele show porque são respeitados como profissionais. Vc precisa ver o show que damos com a falta de respeito que somos tratados nesse país. Se fossemos bem tratados como eles, seríamos referência para o mundo. O Brasil nos tratou como a ditadura tratou o Brasil em 64. Se tivesse tortura, nós controladores teríamos sido torturados.

CINEMAN disse...

Ouvi hoje sobre uma cena presenciada num destes vôos comerciais do Brasil. Uma discussão entre o piloto e o controlador de vôo. O controlador se irrita ;"- Seu babaca, vou te passar para o sexto lugar na fila" É aquela estória das ditaduras, o problema não é o ditador é o guarda da esquina.

CINEMAN disse...

Quando fiz esta postagem e depois o comentário acima não imaginava o que ia ocorrer no país. Hoje é 23 de junho, caos total, a ministra do turismo já disse que o pessoal tem que fazer é "relaxar e gozar" estraido da expressão inglesa, "if the rape is inavoidable, relax and enjoy". E é verdade estamos sendo literalmente sendo estuprados em nossos direitos de cidadão. O presidente Lula chegou a conclusão, depois de passar a mão na cabeça dos controladores, que tem que partir para a porrada. Quinze já foram em cana. O ministro da aeronáutica patrolou o Secretário de Defesa Waldir Pires, que parece ser uma boa pessoa mas quer resolver tudo no paz e amor. E os controladores de vôo resolveram sequestrar a nação. Imaginem se não fossem militares e não fosse possivel coloca-los na cadeia por estes atos de insubordinação.